Religião e suicídio em debate no curso do Cavida

Religião e suicídio, e, Comportamento suicida nas diversas fases do desenvolvimento humano:  foram temas do módulo de curso do Cavida

No último dia 22 de julho, a presidente do Centro de Amor à Vida (Cavida), Wilzacler Rosa e o teólogo Wilcler Pinheiro ministraram palestras sobre comportamento suicida, abrangendo vários aspectos,  desde os sinais individuais, como também como algumas “organizações” podem ser maléficas para se desenvolver o suicídio coletivo. O curso está sendo realizado no auditório do Conselho Regional de Psicologia (CRP-15), no bairro do Farol.

Na discussão sobre religião e suicídio o teólogo discutiu-se um documentário sobre um suicídio coletivo que ocorreu no dia 18 de novembro de 1978, em que um líder religioso, Jim Jones, induziu várias pessoas a cometer o suicídio nos Estados Unidos.

A princípio, a proposta do religioso era concretizar um Projeto Agrícola, mas a organização foi sendo descaracteriza a ponto de que seus membros, cerca de 900 pessoas, cometerem suicídio coletivo, através de auto envenenamento. Na palestra foram discutidos vários aspectos do comportamento suicida, no foco da religião.

Já Wilzacler Rosa, discutiu o desenvolvimento do comportamento nas fases do desenvolvimento humano, desde criança até a fase da terceira idade. Dentre os aspectos discutidos ela citou que o suicido entre idosos a partir dos 65 anos tem aumento em todo o mundo e tem preocupado a Organização Mundial de Saúde (OMS) e tem sido considerado um dos mais sérios problemas atuais de saúde publica.

Alguns aspectos foram enfocados como fatores que podem predispor o comportamento, como: doença graves e degenerativas, dependência física, sofrimento mentais (doenças),M além da depressão que está presente não só na terceira idade, como também em todas as outras fases da vida da pessoa. Mas a depressão tem sido o mais relevante fator associado ao suicídio na terceira idade.

 

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

top